Etiquetas

, , , , , , ,

black facecover

Domingo á tarde, ligo e não me atendes. Não percebo para que queres o telemóvel, é só para atender as chamadas da princesa loira, não é? Continuas completamente apaixonado por ela enquanto sua excelência só vê em ti um amigo que está ali num estalar de dedos quando um qualquer paspalho a voltar a enganar. Não sei, continuo sem perceber o que vês nela, o que terá ela a mais do que eu, és tão burro Gil. E ela, ela é Bianca, a menina perfeita, o sonho de qualquer homem; bonita, simpática, de longos cabelos loiros e olhos azuis, uma autêntica barbie. Só tem um problema, coitada, apaixona-se sempre pelo primeiro cromo que lhe aparece à frente e depois, depois estás lá tu, uma e outra vez, para lhe dares apoio. E eu aqui, em angústia. Sei que não sou uma barbie, mas ao menos gosto de ti. Segundo parece esta coisa do amor não se escolhe, mas dá para esconder, o que acaba por ser mais ou menos a mesma coisa, e é o que tenho feito ao longo destes últimos 5 anos. Não fazias ideia não é? Sempre só tiveste olhos para ela. Decidi dar um novo rumo à minha vida, sabes? Vou afastar-me do mundo, principalmente de ti; refugiar-me em mim e recuperar aquele amor próprio que perdi quando cheguei à conclusão de que estava a viver para te tentar agradar a ti e não a mim. Tenho de me voltar a apaixonar por mim, a perceber o meu real valor, e escolher um caminho que me faça feliz. Só espero que este novo rumo que irei seguir não me volte a trazer ao bar do costume, onde tu te encontras na esplanada a olhar para ela sentada junto ao mar enquanto eu, cá dentro, seguro as lágrimas por não ser a tua musa. Somos três almas vazias a vaguear perdidas na esperança de que alguém nos encontre e preencha. Vou continuar nesta viagem solitária, vou andar à minha procura, para um dia Gil, te perder de vez e conseguir viver sem ti. E durante este percurso, que se adivinha longo e doloroso, vou-me estar a lixar para vocês. Quando eu voltar, serás tu a tentar ligar-me sem resposta, e aí vou ser eu, a só ter olhos para quem merece, a olhar só para mim na certeza de que ninguém merece os meus sacrifícios senão eu própria. Daí em diante talvez possamos ser amigos, mas por agora, estimo bem que te fodas.

Camila

Anúncios