Jogos do Destino

black-and-white-camera-couple-cute-love-photo-favim-com-71555_largeConhecemo-nos por acaso, quando tropeçámos um no outro naquela rua de Berlim, a vida tem destas coincidências, e ao fim de umas semanas percebi que não queria passar a minha vida sem ti. És de fácil conversa, temos gostos e interesses em comum, mas durante estes anos a nossa relação acabou por se basear em contacto virtual, formámos uma ligação entre nós apenas através da internet e telefone, mas apesar dos 200kms que nos separaram durante anos, estiveste sempre ali, mesmo estando eu em Évora e tu em Castelo Branco, ou mesmo quando eu estava na faculdade em Lisboa e tu em Coimbra. Houve sempre algo forte que, de todas as vezes que éramos para estar juntos, não o deixava acontecer. Neste espaço de tempo crescemos, em idade e em maturidade, tirámos os nossos cursos, seguimos as nossas vidas já algo mentalizados de que iríamos ficar sempre assim, sem nos conseguirmos ver o resto da vida. Até agora, há um mês atrás, quando recebi uma proposta para ir ser colaborador da secção de desporto no jornal onde trabalhas. Na minha cabeça houve todo um reviver de conversas e experiências e acabei por aceitar, na esperança de realmente perceber o que sinto e poder estar perto de ti e não só pela fantástica oportunidade que me estava a ser dada. Aquilo que ao início era uma relação de amizade, Continue reading “Jogos do Destino”

Anúncios

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑