Etiquetas

,

salvador-daliPara mim, 2014 não foi só mais um ano, Para mim, 2014 foi “O Ano”. No dia 31 de Dezembro de 2013, aquando da tradicional contagem das passas, entre os desejos mais comuns, existiam três em particular para o ano que chegaria dali a minutos. Terminar o curso e consequente entrada no mercado de trabalho, Reatar uma amizade que me era importante e da qual me tinha afastado por motivos estúpidos e orgulhosos e, exorcizar um fantasma que atormentava a minha mente há vários anos. Podem até achar que são desejos simples e que eu sabia, à partida, poder concretizar, mas acredito que quando pedimos a nós mesmos pequenas mudanças na vida e trabalhamos para elas, acabamos por conseguir mudanças ainda maiores, mais gratificantes e inesperadas. Foi o que aconteceu este ano. 2014 foi um ano de reencontros, o principal terá sido comigo mesma, exorcizei fantasmas e reencontrei um amigo de infância que se viria a tornar importantíssimo na fase final do curso e com o qual lutei nos últimos tempos de aulas para que no final, tal como aconteceu, ambos saíssemos vitoriosos. A meio do ano engoli o orgulho e realizei outro dos desejos do início do ano, reatei a amizade de que vos falei e que tudo vou fazer para  não voltar a perder. Terminei efetivamente o curso,e no espaço entre o fim do mestrado e o início do estágio surgiu a oportunidade de escrever uns artigos para o site Arq.you!. Estes artigos, mais do que uma forma de me dar a conhecer no mundo da Arquitectura, fizeram nascer em mim uma nova paixão, a da escrita. Tentei resistir-lhe porque achava não ter capacidade para escrever para além daquilo que conhecia, mas o esforço foi em vão e acabei por criar este blog, onde dou a conhecer os meus mundos e onde, em paralelo, está a nascer uma história ficionada que, ao que parece, está a apaixonar muita gente. 2014 está a chegar ao fim, e de certo que os meus desejos para 2015 voltarão a ser “pequeninos”, de concretização possível, para que eu possa trabalhar para eles, para outros que virão e para que a vida continue a dar-me a oportunidade de receber coisas boas.

A vós, agradeço por terem feito parte do meu ano, e espero que façam parte de todos os que nos esperam daqui para a frente.

Hélia

Anúncios