Etiquetas

, , ,

tumblr_lax53bfAav1qca9ouo1_500Hoje será, talvez, o pior dia da minha vida. Eram 6 da manhã e acordei com o telefone a tocar, era a minha mãe com a pior notícia que me podia ser dada: “o avô morreu”. Ontem tive de vir mais cedo para Lisboa e não o pude ir ver ao hospital, não me pude despedir dele como devia de ser. Acho que vou carregar este peso para o resto da vida. Se algum dia me perguntarem quem foi o Homem da minha vida, de certeza que a minha resposta será: foi o meu avô. Mais do que avô, ele foi um segundo pai, um companheiro de tardes à lareira, um professor, um amigo. A ele devo o gosto pela arte, pela cultura e pelos livros. Um dia alguém me disse:

“conheço analfabetos mais cultos e inteligentes que muitos licenciados!”, e sem dúvida que o meu avô era um deles. apesar de só ter a quarta classe era um homem culto, apaixonado pela leitura e extremamente inteligente. Partiu sem eu poder ter a oportunidade de o levar ao Estádio da Luz para ver o seu Benfica. Partiu sem eu ter a oportunidade de lhe dizer o quanto o amo. Partiu e perdi um companheiro de sofá nos dérbis. Partiu mas estará sempre comigo; as pessoas que amamos não morrem, só partem mais cedo para nos poderem acompanhar mais de perto e a toda a hora. A vida continua e eu tenho a secretária cheia de trabalho e a exposição do Cottinelli Telmo para ir visitar e fazer a crítica no Padrão dos Descobrimentos. Logo hoje, que estou sozinha em Lisboa, o André foi para o Porto para fazer a cobertura da recepção do FCP à AAC para a taça da Liga e a Camila está no Algarve a fazer uma entrevista à modelo do momento. Pode ser o dia mais triste de todos, mas sei que ele está a dar-me força para seguir em frente.

Até já avô, Obrigada por tudo

A sua Bianca

Anúncios