Etiquetas

, , , ,

url“Quem dá pão, dá criação!”

Desde miúda que vou ouvindo esta frase saída da boca da minha avó, e graças a ela sempre tive uma visão muito clara do que poderá ser o significado de ser mãe.

Muita gente diz que “o maior direito da mulher é o direito de ser mãe“, mas na minha opinião esta frase está desajustada. Não terá mais lógica dizer que “o maior direito da mulher é o direito de escolher se quer ou não ser mãe“?

Tal como disse no texto sobre o dia do pai, também há que separar a entidade mãe em dois grandes grupos, as mães, que não têm obrigatoriamente de ser quem dá à luz, e as progenitoras, que de mães só têm o acto de parir.

Tantas e tantas vezes ouvimos falar nos jornais e televisões em casos de progenitoras (aqui recuso-me a usar o termo mãe) que matam os seus filhos, que os maltratam, que os violam, que nada fazem quando sabem que são maltratados que a mim me custa denominar esses seres por aquele que é o maior expoente de amor que alguém pode ter.

Mãe, para mim, é quem dá amor, é quem está sempre presente, é quem abdica de tudo em prol de um ser que tem a seu encargo. Ser Mãe é viver duas vidas, ou três, ou quatro…é viver a vida dos filhos com mais intensidade e amor que a delas mesma.

Com isto, tenho a dizer que não podemos condenar quem não quer ser mãe, quem não se sente preparada para amar incondicionalmente um outro ser, seja ele filho biológico ou apenas do coração. Cada criança merece uma mãe, sim, mas não podemos condenar uma mulher apenas por ela não ter como projecto de vida, trazer ao mundo uma criança. E sinceramente, parece-me mais justo a opção de não conceber uma vida, do que depois de a conceber, a maltratar ou abandonar.

Eu só tenho a agradecer a MÃE que me escolheu para filha dela. Sou filha biológica e filha do coração. Tenho uma mãe que sempre fez tudo para que não me faltasse nada. trabalhadora incansável que não olha a meios para sempre me dar o que preciso. Uma mãe que se sacrifica a cada dia nos últimos 24 anos para que eu possa ser cada dia mais feliz.

Sim, eu tenho uma MÃE no verdadeiro sentido da palavra.

Hélia

Anúncios