Bestas Bestiais

1324907560901_f

Ora bem, eu não era para me pronunciar em relação a este assunto, até porque acho que toda a gente sabe mais ou menos a minha opinião, mas depois de ler tanta barbaridade junta, não posso deixar de me manifestar.
Isto de passar de bestial a besta e de besta a bestial no mundo do futebol (e nos outros também mas agora não interessa para o caso) é o prato do dia. Quem não se lembra da transferência do Luís Figo, que deixou os adeptos do Barça de cabelos em pé quando ele trocou este clube pelo Real Madrid?

Quem não se lembra da atribulada transferência do João Vieira Pinto para o SCP?

Quem não se lembra da saída de seleccionadores da nossa selecção como o Scolari ou até mesmo o Paulo Bento?

Quem não se lembra das visitas do Carlos Martins a Alvalade quando era jogador do Benfica? Ou da forma como o Cristiano Ronaldo era tratado no estádio da Luz por ser da formação do Sporting?

Pois é, a um chamaram de pesetero, ao outro chamaram de grande artista, aos desgraçados dos treinadores da selecção de todos nós (mas mais do Jorge Mendes do que nossa claro) chamaram do pior que há, apesar dos resultados alcançados serem dos melhores de sempre. Ao Carlos Martins, os sportinguistas maltratavam, como se de um traidor se tratasse. Ao CR7, os benfiquistas maltratavam como se fosse o maior pecado do mundo ter sido formado na academia verde e branca…E agora há o Jesus.

Um homem que nos últimos 6 anos lutou por um Benfica Campeão, que em 6 épocas conquistou 10 troféus, um homem que nunca desmentiu ser adepto do Sporting mas que mesmo assim dava sangue, suor e lágrimas pelos encarnados. Um homem que sempre foi gozado por sportinguistas e portistas. Um homem que de repente viu os papéis invertidos perante os adeptos dos dois maiores clubes de Lisboa. Que deixou de ser bom perante encarnados e passou a ser o maior do mundo perante verdes e brancos.

Mas esta “guerra” vai acabar…daqui a um mês já ninguém se lembra, claro que os adeptos de ambos os clubes vão continuar com as opiniões que têm, claro que vai continuar a haver movimentos nomeadamente a nível de contratações por parte dos leões (esqueçam lá a formação, venham jogadores a peso de ouro). Mas de repente vai voltar a haver crise, vão voltar a haver bancos a falir, vai voltar a haver violência a ser passada nos telejornais, e toda a gente vai voltar ao normal…

Quanto mais leio comentários, melhor me sinto em me estar a afastar cada vez mais dos três “grandes”.

Boa sorte Jorge Jesus…que faça um bom trabalho em Alvalade
Boa sorte Rui Vitória…que faça um bom trabalho na Luz
Boa sorte Marco Silva…que faça um bom trabalho para onde for, e parabéns pela persistência num sitio onde há muito não o queriam. Parabéns pela Taça e Obrigada por ter calado tanta gente

Posto isto, a questão mais pertinente de todas e que a mim mais me interessa é a seguinte: E o Viterbo, fica ou sai?

Hélia

Uma opinião sobre “Bestas Bestiais”

  1. A ideia de Jorge Jesus chegar (finalmente) a treinador do seu “clube do coração”, e/ou para satisfazer um desejo do pai tem o seu quê de romântico e sabemos que de romântico o futebol não tem absolutamente nada. No futebol há objectivos a atingir (dinheiro e mais dinheiro) e o resto é conversa. Se fosse por razões românticas, teria ido Jorge Jesus do Braga para o Benfica? Teria Jorge Jesus passado seis anos no Benfica, clube arqui-rival do seu “clube do coração”?
    Bem, que Jorge Jesus é um treinador competente, não há dúvidas nenhuma. Se se disser que enquanto treinador de futebol (apenas) poderá ser superior a José Mourinho, talvez não se esteja longe da verdade. José Mourinho tem outros requisitos que Jorge Jesus não tem e tem treinado, à excepção do Benfica e União de Leiria, apenas clubes de enorme poderio financeiro e não só, o que facilita e muito o trabalho do treinador. Ora, Jorge Jesus, para além da enorme competência que lhe valeu a alcunha do “mestre da táctica”, tem sido visto (e muito se gaba ele do facto) como uma espécie de Rei Midas que transforma calhaus em diamantes vendáveis a preços que não lembrariam a ninguém. Fez um pouco disso no Benfica. E o Benfica muito ganhou. E o Jorge Jesus o que ganhou? Para começar, um salário de 4 milhões de euros brutos por época. Poderia ter ganho mais? Sim, se o Benfica estivesse disposto a dar-lhe, para além da notoriedade e dos tais 4 milhões/época, uma percentagem das vendas de passes de jogadores que conseguisse potenciar. Impensável.
    Bem, olhando para o Sporting, a única saída para geração de receitas capazes de libertar o clube da ditadura dos credores (a reestruturação financeira que Bruno de Carvalho usa como bandeira não é mais do que o alargamento dos prazos de pagamento aos credores, com maior ou menos dificuldade) é a venda de jogadores. Para isso, é preciso alguém que seja capaz de fazer do Naby Sarr um central vendável ao mesmo preço que o David Luís, só a título de exemplo. É preciso alguém que transforme um jogador qualquer num jogador vendável a preços como o foram Enzo Perez, André Gomes, Rodrigo, Marcovic, Matic, Javi Garcia… O Sporting tem muitos jogadores com grande potencial. Com Jorge Jesus, acredita-se que alguns deles têm larga possibilidade de se transformarem em autênticos diamantes e toda a gente (incluindo o próprio Jorge Jesus) ganha com eventuais vendas. No fundo, para além de vitórias no campeonato, Taça de Portugal e (eventualmente) Taça da Liga, que outros objectivos desportivos permitirão a Jorge Jesus chegar aos 6 milhões/época? A vitória na Liga dos Campeões ou mesmo na Liga Europa? É mais fácil uma percentagem das vendas de passes de jogadores.
    Resumindo e confundindo, Jorge Jesus, como treinador, é tanto um investimento do Sporting, como será o próprio Sporting um investimento para o treinador Jorge Jesus.
    Bem, como mero adepto e Benfiquista, gostaria que o Jorge Jesus continuasse no Benfica. Mas quando o homem decide que tem outros objectivos e parte para outra, quem lhe pode negar o direito? Sem juízos de carácter, é como adepto que agradeço ao Jorge Jesus (mesmo tendo em conta que não o fez sozinho) as inúmeras alegrias que me deu durante seis anos.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta para Jo Passos Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s