Chuva

out_of_the_rain_by_glitterdarkstar

Não sei onde chove mais, se na rua, se dentro do meu peito.
Ao passear nas ruas da cidade vejo pessoas felizes, sorrisos apaixonados debaixo dos guarda-chuvas enquanto a chuva me cai sobre a cabeça. As lágrimas que me vão caindo conseguem sair disfarçadas pela chuva.
Ninguém repara que choro.
Ninguém repara que também eu queria um sorriso de baixo de um guarda-chuva.
Ninguém repara que também eu tenho sentimentos, que também eu preciso de carinho, de abraços e de tardes passadas frente a uma lareira com uma qualquer comédia romântica a passar na TV.
Continua a chover na rua, e o lugar ao meu lado no sofá continua vazio, tal como a minha vida sem ti.
Não sei o que esperar, não sei o que fazer, e o sentimento de impotência volta a apoderar-se de mim cada vez com mais intensidade.
Resta-me o alivio momentâneo no final do choro.
Na verdade, não sei o que me resta.
Começo a perder os sonhos, começo a perder todas as esperanças, começo a sobreviver em vez de viver.
Nada me resta além da vontade de te ter.
Nada mais me resta além do acordar dia após dia na esperança de ver o teu sorriso.

Camila

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s