Tudo acontece quando tem de acontecer

brannon-naito-414362-1320x720.jpg

Há alturas em que temos de parar. De pôr pontos finais onde já não há espaço para vírgulas e pôr vírgulas naquelas f(r)ases que julgávamos não precisar.
Por vezes não parar é só uma forma de nos protegermos, de não pensarmos no que somos, onde estamos e para onde queremos ir.
Não parar ajuda-nos a camuflar quem somos e não queremos ver. Ajuda-nos a não questionar o presente e a viver em função de tarefas diárias com as quais não nos identificamos.

Mas um dia quebramos.

Continue reading “Tudo acontece quando tem de acontecer”

Anúncios

E ainda dizem que a vida é uma tela em branco

Dizem que a vida é uma tela em branco. Mas tenho de discordar…

Para mim a vida é, no máximo, um desenho pré-feito só de linhas e que vamos colorindo à medida que percorremos o nosso caminho, à semelhança do que acontece com os livros para pintar das crianças, que chega só com os contornos e acaba cheio de cor. Uns certinhos e dentro dos limites pré-definidos e outros a rasurar aquilo que foi imposto pelo criador da obra.

Continue reading “E ainda dizem que a vida é uma tela em branco”

Os Soldados de uma Guerra chamada Vida

guerreira-900x450

Há batalhas em que entramos única e exclusivamente porque precisamos de aprender que nem todas podem ser ganhas.
Batalhas onde não sabemos que estamos e que quando chegamos ao fim percebemos que o troféu é algo que julgávamos nos pertencer. Algo que nos é tirado por outro alguém sem que nós déssemos conta, sem que pudéssemos fazer seja o que for para evitar o saque. Se a vida é uma guerra, há batalhas que já sabemos perdidas.

Assim são as pessoas. Assim são as amizades… Continue reading “Os Soldados de uma Guerra chamada Vida”

Deixa-me adivinhar

Liberte-se das redomas mentais

Sei que às vezes querias voltar a viver numa bolha.

Naquela em que viveste durante anos e que não te deixava ser quem és.
Ao menos quando estavas protegido pelas suas finas paredes de sabão, que a ti mais pareciam muros de betão, não viam quem tu és mas sim quem queriam que fosses, e assim não te julgavam por quem és mas sim por quem julgavam seres, estou certa? Deixa-me adivinhar, às vezes ainda desejas profundamente criar uma nova bolha. Voltar a guardar tudo o que sentes num cantinho do teu peito e não demonstrar a ninguém quem realmente és mas apenas quem os outros querem que sejas.
Ou então, pensas em voltar atrás no tempo e deitar para trás das costas todo o processo de evolução e mudança pelo qual batalhaste nos últimos anos e que serviu para poderes ser tu, como és, sem artifícios.

Adivinhei? Continue reading “Deixa-me adivinhar”

Prefiro acreditar no Amor

alone_chilling_fashion_girl_lady_leisure_lonely_mindful-924937

Dizem que o Mundo anda perdido, que as pessoas vagueiam pela vida num instinto de sobrevivência, sem parar para respirar ou sequer fazer um esforço para olhar em redor. Já não há crianças na rua. O medo apoderou-se de tudo e de todos. Parece que todos vivem em função do seu umbigo e que mais nada importa para além de si mesmo. Até ter um filho, ou um cão, se tornou uma forma de ostentação e não um ato de amor. Amor…essa palavra que tantos, por opções de vida, confundem com comodidade.
Há muito desejo confundido com amor, há muito carinho confundido com amor, há muita ostentação denominada de “amor”.

Mas eu prefiro acreditar no amor verdadeiro. Continue reading “Prefiro acreditar no Amor”

A Vida é apenas um caminho!

o-happiness-facebook

Teimamos em ficar presos na nossa mente, no nosso mundo, na nossa realidade e acabamos por nos esquecer que esse é apenas o nosso lado.
Teimamos em achar que as pessoas têm de mudar, têm de se transformar à imagem que nós temos delas e acabamos por nos moldarmos a nós mesmos em função dos outros. Dentro da nossa mente queremos tanto que os outros sejam como nós idealizamos que acabamos por nos esquecer de como realmente somos.
Mas chega a uma altura em que temos de parar, acalmar a mente e definir prioridades.

O que é que realmente importa?

Continue reading “A Vida é apenas um caminho!”

Dias Cinzentos

tumblr_nyy9a3mlyo1u7ktwwo1_500
Sempre foi uma pessoa forte, determinada, com sonhos, que lutou constantemente pelo que queria e que abraçou todas as oportunidades.
Sempre foi uma pessoa alegre, pronta para ajudar, pronta para abraçar cada desafio onde precisassem dela como se fosse um objectivo pessoal.

Nunca virou as costas a nada, mas agora está cansada. Continue reading “Dias Cinzentos”

Existem todos, e depois existimos nós

dark-movies-inception-dreaming-1920x798-wallpaper_www-wall321-com_48

Chega a uma altura das nossas vidas em que parece estarmos perdidos(as). Em que todos ao nosso redor estão felizes, com emprego estável, relações sólidas e duradouras, casados e, alguns, até já com filhos.

E depois existimos nós.

Temos entre 20 e 35 anos, solteiros e sem perspectiva de ter uma relação sólida, muito menos de casar e ter filhos.
Nós que constantemente somos questionados sobre se não casamos, sobre se não saímos de casa dos nossos pais, sobre se não arranjamos um emprego melhor, ou pelo menos estável.
Nós que, apesar de jovens adultos, somos encarados por todos, e se calhar também por nós mesmos, como adolescentes imaturos que não sabem bem o que fazer da vida. Continue reading “Existem todos, e depois existimos nós”

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑