Entre a Arquitectura, a Leitura e a Imaginação

O Mosteiro de Santa Maria da Vitória (vulgarmente conhecido como Mosteiro da Batalha) sempre foi um dos monumentos nacionais que mais me fascinou; contudo, só este ano o visitei pela primeira vez. Muitos pensarão que esta é uma falha gravíssima, mas acreditem que o vivi de uma forma que, há três ou quatro anos atrás, não teria vivido (sim, porque os edifícios são para serem vividos). Continue reading “Entre a Arquitectura, a Leitura e a Imaginação”