Carta ao André

c
10 anos…10 anos de amizade, de cumplicidade e de amor.

Sim, estas a ler bem. Há muito, muito tempo que eu te tento encontrar nos outros homens. Há anos que me tento enganar a mim mesma negando aquilo que sinto e tentando substituir este amor que não tem fim por um sentimento entre a pena, o desejo e a compaixão que vou sentindo por outras pessoas.
Ultimamente tenho-te dito que és um dos homens da minha vida e que te adoro, mas queres saber uma coisa? Continue reading “Carta ao André”

Por um Final Feliz…

hug,couple,love,embrace,kiss,sepia-2c908af555e27e21ab8744deb76dc29e_h

Continuo a correr atrás do sonho, continuo a insistir no que há muito me parece impossível de realizar.
Continuo a acreditar que é possível sermos felizes.
Está um dia lindo.
O sol brilha, não há nuvens.
O dia perfeito para passearmos. Tal como estava naquele dia de Abril, lembras-te?
Desta vez estou do outro lado da cidade.
Na vez das águas do rio, à minha frente tenho o asfalto de uma das vias mais movimentadas da cidade.
(…)
Tento abstrair-me do mundo, tento não olhar em volta, mas está a ser impossível devido a esperança de te ver a caminhar na minha direcção com um sorriso no rosto.
Já não consigo controlar, não consigo esconder este misto entre a esperança e a decepção.
De nada vale o dourado das folhas prestes a cair, de nada vale a felicidade dos casais que se passeiam pelo jardim quando só tu e o teu abraço têm a capacidade de me alegrar.
(…)
Hoje vou ficar aqui a apanhar um pouco de sol, a aquecer o corpo com estes raios de luz, mantendo a esperança de que ainda apareças para que, com o teu abraço, me aqueças a alma.

Continue reading “Por um Final Feliz…”

Porque ainda te amo

alone-girl-sad-broken-heart-moon-light-waiting-someoneApareceste de para-quedas, mantiveste-te como muro de suporte e acabaste por te tornar naquele que era o mais importante dos meus mundos.
Quando eu pensei ser um amor seguro, espetaste-me uma faca no peito e rodaste, rodaste e voltaste a rodar.

Causaste-me um sofrimento tal que mal conseguia manter-me de pé. Queria desaparecer (e ainda dizem que não se morre de amor). Não te queria ver mais, não me apetecia comer, beber ou mesmo respirar. Continue reading “Porque ainda te amo”

Ninguém merece as tuas lágrimas

banco-no-jardim

Ninguém merece as tuas lágrimas, pois se as merecesse não te fazia chorar.

Estava sentado em Belém, num dos muitos bancos de jardim existentes no vasto relvado quando, sem dar conta, alguém se senta ao seu lado, lhe mete a mão no ombro e com a outra lhe oferece um lenço para que pudesse enxugar as lágrimas enquanto profere estas palavras. Continue reading “Ninguém merece as tuas lágrimas”

Não desistas de ti

SONY DSCPor vezes fazemos figuras de urso. Por vezes somos uns grandes idiotas. Há alturas em que somos egoístas e não percebemos o quanto magoamos quem nos ama com as nossas atitudes. Afastamo-nos, deixamos família e amigos preocupados, e tudo porque não nos amamos a nós próprios. Tudo porque não percebemos a dor que nos corrói por dentro e que parece não nos deixar respirar. As lágrimas vão caindo, e aos poucos percebemos que não conseguimos estar sozinhos, mas que em contrapartida também não conseguimos estar acompanhados e decidimos afastar-nos do mundo, afastar-nos de nós, e acreditar que como por milagre alguma força vinda do além, ou de um outro universo, nos vai fazer reagir. Abrimos a nossa conta de e-mail e vemos dezenas de mensagens por ler, mensagens de carinho, de amor, de preocupação e algumas mesmo de revolta; mas preferimos Continue reading “Não desistas de ti”